top of page
  • Foto do escritorInes Rioto

Casas modulares…para o Rio Grande do Sul



Ludimila Honorato - Do UOL, em São Paulo 29/05/2024.


Quase 18 m² e prontas em 4 h: como são casas modulares que vão para o Rio Grande do Sul.

Um carregamento com cem casas modulares desembarcou nesta terça-feira (28) no Aeroporto de Guarulhos (SP) e seguirá por terra até o Rio Grande do Sul para atender as vítimas das enchentes no estado.

Segundo a Defesa Civil do RS, 48,7 mil pessoas estão em abrigos e 581 mil estão desalojadas.

A doação de casas foi feita pela Acnur (agência da ONU para refugiados).

Ao todo, 200 estruturas vão se transformar em moradias temporárias emergenciais. A solução não é permanente, mas busca dar mais privacidade e segurança às famílias em um primeiro momento.

A ação foi feita de forma conjunta. É uma parceria da Acnur com o programa Avião Solidário da Latam e foi coordenada pelo Ministério das Relações Exteriores e o Ministério dos Portos e Aeroportos.

Bagagem pesada.

O carregamento tinha 16 toneladas e foi transportado gratuitamente, vindo da Colômbia.

Como são as casas modulares

São pequenas e leves. Feitas de aço leve, as unidades habitacionais de emergência (RHU, na sigla em inglês) têm 17,5 metros quadrados. Elas têm 2,83 metros de altura, 5,68 metros de comprimento e 3,32 metros de largura.

Resistentes a ventanias.

Todas as peças necessárias para a montagem são transportadas em dois pacotes que pesam 160 kg. Somente o abrigo tem 140 kg. Segundo a Better Shelter, que desenvolve as casas, elas resistem a ventos de 101 km/h.


Comments


bottom of page