top of page
  • Foto do escritorInes Rioto

Tijolinho da Mooca tem uma população de 10 mil pessoas.




  • O drama da falta de moradias no Brasil: 142 mil famílias vivem em ocupações

No bairro da Mooca, na zona leste, o edifício abandonado foi ocupado por famílias, a maioria de imigrantes bolivianos, venezuelanos e haitianos. Formou-se então uma comunidade nomeada Tijolinho da Mooca, que conta com mercadinho, loja e igrejas. Tudo para atender uma população de 10 mil pessoas.


O abandono de edifícios é um problema histórico em SP. Os donos de 1.420 edifícios foram notificados pela Prefeitura porque os imóveis não cumprem sua função social - um princípio constitucional que determina que a propriedade deve servir aos interesses da sociedade, e não só do proprietário. O que muitos sem-teto pedem é que os prédios abandonados sejam revitalizados e se transformem em moradia popular. Mas isso só deve acontecer com sete das 51 ocupações analisadas.

Segundo a Prefeitura, revitalizar as demais seria mais caro que construir.


https://g1.globo.com/fantastico/noticia/2022/12/04/predios-de-sp-ocupados-por-12-mil-sem-teto-correm-o-risco-de-pegar-fogo-ou-desabar-a-qualquer-momento.ghtml?

Comentarios


bottom of page