top of page
  • Foto do escritorInes Rioto

Matture Home Life-prédio com conceito "aging in place" preparado para o envelhecimento dos moradores





Exame /Mercado imobiliário - 6 out 2021


Na região da Vila Mariana, lançamento imobiliário não é restrito a idosos, mas a longevidade dos habitantes é um dos pilares do projeto.


A chamada economia prateada, formada por quem tem 60 anos ou mais, corresponde a 16% da população brasileira. São cerca de 34 milhões de pessoas que movimentam 1,6 trilhão de reais por ano, segundo estimativas, o que representa 20% do poder de consumo do país.

Não é uma faixa de consumidores, no entanto, para a qual as empresas costumam dar a devida atenção (e olhe que as projeções preveem o crescimento desse público).


Mas não é o caso da incorporadora PlazzaCorp e da construtora Matushita, que se uniram para erguer um prédio que se preocupa com o envelhecimento dos moradores.

Trata-se do Matture Home Life, que está sendo construído na região da Vila Mariana, em São Paulo, nos arredores do Metrô Santa Cruz.


Com previsão de entrega em 2024, o condomínio terá caráter intergeracional e tem o objetivo de favorecer o envelhecimento ativo com qualidade de vida. O empreendimento, apresentar características de um clube


Em resumo, o prédio, já com 50% das unidades vendidas, foi projetado para que os habitantes possam envelhecer no local sem dificuldades ou arrependimentos.

Em outras palavras, o lançamento dispensa o triste fim em uma casa de repouso, ao qual muita gente se submete em busca de instalações mais confortáveis e seguras para a terceira idade, entre outras razões.


De arte a fisioterapia

No empreendimento, atividades como hidroginástica, arteterapia e ginástica funcional já estão inclusas no valor do condomínio.

O prédio também oferece fisioterapia, para poupar os moradores de se deslocarem até uma clínica particular, e ainda dispõe de um concierge de prontidão, para resolver todas as necessidades dos condôminos (de compra de ingressos a pagamentos de contas).


Os elevadores, outro diferencial, comportam macas para eventuais necessidades emergenciais. Barras de ferro nos banheiros para evitar riscos de queda. Não é necessário, portanto, ajustar portas para possibilitar a passagem de cadeiras de rodas ou outras alterações do gênero.


*Nos planos da construtora, há ainda a implementação de estruturas relacionadas à telemedicina, processo que abrange toda a prática médica realizada à distância.


Espaços de convivência Para incentivar o convívio e driblar a solidão, criou-se uma área comum com direito a espaço saúde — no qual também dá para praticar pilates —, salão de beleza, sala de atividades diversas, ideal para encontros com amigos, lavanderia com área para costura e espaço pet.


Há ainda uma piscina própria para hidroterapia, espaço gourmet, academia, bicicletário e horta de temperos.


O projeto também prevê um espaço de coworking, com restaurante e estacionamento, tudo com acesso independente, para não fragilizar a segurança dos moradores. A receita obtida com essa área, terceirizada, ajudará nas contas do Matture Home Life.


Orçado em 81 milhões de reais, o empreendimento dispõe de apartamentos cujo metro quadrado custa cerca de 15.000 reais. Os mais em conta, com 52 metros quadrados, estão sendo vendidos por uns 780.000 reais. Os mais caros, com o dobro do tamanho, custam cerca de 1,5 milhão de reais.


“Essa experiência me trouxe um novo olhar para as necessidades das famílias”, diz o engenheiro Julio Matushita, fundador da Matushita Engenharia e Construções, com mais de 30 anos no mercado. “Colocar em prática este empreendimento inovador nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”.


Convém registrar que o empreendimento, não é restrito a idosos. É voltado, apenas, para quem quer adquirir um apartamento do qual não se sinta obrigado a sair com o passar dos anos (quem bateu o martelo num imóvel cheio de escadas ou sem elevador sabe do que estamos falando).


O lançamento também se mostra atrativo para pessoas que necessitam de algum monitoramento especial, a exemplo de uma gestante cujo marido vive fora de casa.







Comments


bottom of page