top of page
  • Foto do escritorInes Rioto

O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida é retomado


Por g1 — Brasília


Criado em 2009, e retomado em fevereiro de 2023,segundo a Casa Civil, a iniciativa deve financiar 2 milhões de casas até 2026.

Na retomada, o novo Minha Casa, Minha Vida deverá focar:


- 50% do financiamento em casas de famílias com renda de até R$ 2.640 – a chamada “Faixa 1”, que havia sido excluída no programa habitacional de Bolsonaro. Antes, famílias inscritas na faixa tinham isenção de juros. A Casa Civil não informou se, na nova versão, será mantida;

- também vai incluir pessoas em situação de rua na lista de possíveis beneficiários da iniciativa;

- e ainda deve ampliar o número de unidades e repasses para a locação social.


A Casa Civil informou também que o novo Minha Casa, Minha Vida deverá contemplar o financiamento de moradias usadas, o programa incluirá pessoas em situação de rua na lista de beneficiários e vai focar no financiamento de imóveis para famílias com até R$ 2.640.



Comments


bottom of page